Culinária criativa e rica em sabor

Receita criativa e saborosa elaborada por uma amiga e cliente “Moncloa”, que ama cozinhar. O aroma singular do nosso blend Lapsang Souchong inspirou a criação deste prato sensacional, confiram!

Olá pessoal, tudo bem? Há alguns meses recebi em minha loja uma grande amiga e apaixonada pela arte de cozinhar!

Ela estava buscando algo diferenciado para suas receitas, e eu comentei sobre o sabor aromático, exótico e indescritível de um de nossos blends, que eu particularmente gosto muito, o Lapsang Souchong.

Este blend já é exótico pela sua história. Ele é bem forte e um tanto picante, mas a característica que mais chama a atenção dos amantes da bebida é seu sabor defumado. O Lapsang Souchong é um chá preto produzido originalmente na China e que atrai consumidores por seu gosto diferenciado, que lembra um tanto o bacon ou até carnes. Tudo isso é feito graças a seu processo de produção e secagem, um tanto distinto do convencional.

Colher de erva sendo colocada dentro de um copo infusor

Diz a lenda que ele surgiu por acaso, e existem várias teorias em torno de sua descoberta. Com as diversas guerras presentes no país durante a dinastia Qing (1644 – 1912), as terras produtoras do Lapsang haviam sido invadidas pelas tropas chinesas, impedindo que fosse realizada a secagem do produto. Com a retirada do exército, havia a necessidade de realizar o processo mais rapidamente para que pudesse ser vendido. Assim, resolveram secar o chá em cima das fogueiras feitas com o pinho abundante da região. Outra versão da história registra uma enchente que atingiu um produtor de chás chinês, que havia vendido um carregamento enorme para um comprador da Europa. Com todo o seu produto molhado, o homem não teve outras escolha a não ser secar as ervas na fogueira de pinho.

Ainda há outra lenda que diz que esse chá era fornecido para os russos, e durante o trajeto até a Russia, a caravana parava para descansar e se aquecer próximo às fogueiras de pinho e o chá acabou ficando defumado por acaso. Quando os russos foram até a China para estreitar as relações comerciais com seus parceiros, pediram para que fosse servido aquele chá tão delicioso que eles compravam. O chá foi servido e os russos estranharam, já que não estava defumado. Depois de um pouco de confusão até entender o que ocorria, eles equilibraram o processo de defumação para chegar ao sabor ideal.

Sem dúvida este sabor único após o processo de defumação gerou muita história e muita curiosidade, tornando o sabor do Lapsang Souchong inconfundível e dando diversos usos para este chá.

Este blend é perfeito para harmonizar pratos de sabor inigualável, e assim, minha amiga criou uma receita que ficou sensacional, testada e aprovada, com o passo a passo no blog dela, e com dicas de como pode ser servido!

Fica aqui a dica para vocês: http://www.anerodrigues.com/2017/03/risoto-shitake-e-cha-defumado-na-minha.html

Leia também

Katja R. A. Guimarães Empresária / Tea Sommelier

Empresária, formada em Administração de Empresas pela FAE / MBA pela Baldwin Wallace College (Cleveland/Ohio). Empresária da área de Bem-Estar há mais de 10 anos, sócia do Grupo Tereza Zanchi. Ingressou no mundo dos chás por amor, se formou como Tea Sommelier pelo Club del Té, maior clube de chás do mundo, sendo aluna da professora Victoria Bisogno, referência na área a nível internacional. Franqueada da Moncloa Tea Boutique no Shopping Crystal, realiza cursos, palestras, eventos sociais e corporativos.

Comentários